O que é Inbound Marketing: tudo o que você precisa saber

O mercado mudou e saber o que é inbound marketing virou item de checklist

Ao saber o que é Inbound Marketing, você já vai se distanciar da maioria competidora que ainda utiliza os métodos mais tradicionais e antiquados de marketing.

o que é Inbound Marketing

 

Atualmente, vivemos na era do Google e de seus mecanismos de busca. Por isso mesmo é essencial para qualquer pessoa que trabalhe com Marketing de Conteúdo entender como usar essas ferramentas a favor de seus negócios.

Como fazer com que mais e mais pessoas tenham acesso a seus canais de distribuição e eventualmente virem clientes? Não é tão difícil quanto você pensa, apesar de requerer planejamento e organização.

Confira este post se quer se aproximar ainda mais do sucesso quando se trata de Marketing Digital

 

O que é Inbound Marketing?

Em uma tradução livre do inglês, o termo quer dizer “marketing de atração”. Ele apareceu oficialmente pela primeira vez nos Estados Unidos, em 2009.

Após o lançamento do livro “Inbound Marketing: seja encontrado usando o Google, a mídia social e os blogs”, de Brian Halligan e Dharmesh Shah, esta terminologia se espalhou pelo mundo.

Grandes e pequenas empresas utilizam o Inbound Marketing com o objetivo de conseguir mais clientes, realizar mais vendas e se mostrar poderosas para o público.

Diferentemente do Outbound Marketing (o marketing mais tradicional), no Inbound é o cliente que vai atrás das empresas e não o inverso.

Isso quer dizer que as ações aqui são todas direcionadas a atrair o possível cliente para seu produto ou canal de distribuição.

A relação estabelecida deve ser pessoal e próxima, com o intuito de manter o interessado por perto. O conteúdo deve ser feito de forma personalizada e original.

Lembre-se dos objetivos que deseja atingir com esse conteúdo:

  • esclarecer e divulgar aos clientes em potencial informações sobre a sua companhia;
  • influenciar na sua futura escolha de compra e acesso;
  • proporcionar autoridade e renome para a sua empresa dentro da área de mercado específica.

Quais são os benefícios do Inbound Marketing?

Praticamente todas as empresas que entendem o que é Inbound Marketing e sabem utilizá-lo de forma correta conseguem aproveitar os seus diversos benefícios e vantagens de modo bem mais rápido em comparação ao método tradicional de marketing.

Veja alguns desses benefícios e saiba o porquê.

1. Fácil adaptabilidade

É possível empregá-lo em empresas bem diferentes e para qualquer conteúdo proposto, seja na hora de fazer algo mais descontraído ou apenas algum conteúdo que reforce a sua marca.

Entre os cases de sucesso amplamente divulgados, podemos ver uma grande diversidade de áreas nas quais o Inbound se encaixou perfeitamente.

Podemos citar como exemplo companhias dos segmentos de saúde, jurídico, setor imobiliário, software, educação, e-commerce, serviços, indústria, setor imobiliário, entre outros.

2. Investimento inteligente em vez de custos cegos

Você consegue ter acesso a exatamente quantas pessoas visualizaram, baixaram ou compraram seu conteúdo, ou seja, todas as ações podem ser avaliadas e quantificadas.

Dessa forma, é bem fácil otimizar e melhorar suas campanhas para conseguir um maior retorno sobre investimento.

3. Aumento na visibilidade do seu negócio

Se você seguir as etapas que detalharemos neste artigo, com certeza atingirá uma melhoria na quantidade de visitas, leituras e compartilhamentos, entre outras desejadas, devido a maior atração do cliente.

4. Produção de conteúdo único

Chega de textos genéricos e de campanhas fracas! Usando este método você consegue criar um conteúdo original, autoral e personalizado, o que em si já é um grande diferencial em comparação as outras empresas.

5. Mais em conta do que o Outbound Marketing

Esse método é 62% mais barato do que o modo de marketing tradicional. Não é à toa que mais e mais empresas do mercado estão aderindo e aplicando essa metodologia.

Quais são as etapas do Inbound Marketing?

Para esse método dar certo, é preciso seguir uma série lógica de etapas e planejamentos. Cada etapa completa a outra de maneira racional e prática. Vejamos as quatro a seguir:

  1. Atrair Nessa primeira etapa, você precisa criar um conteúdo que atraia e interesse às pessoas.
    Essa parte é essencial, pois sem um conteúdo atraente ninguém vai se importar em acessar seu blog ou qualquer outro canal de distribuição.Obviamente sem esses possíveis clientes nada nos seus negócios online consegue seguir em frente. Por isso estude e aplique essa fase com muito cuidado e planejamento, procurando ser detalhista e criativo.
    Utilize-se bem do SEO, ou seja, aproveite suas palavras-chave durante o texto para que os mecanismos de busca o encontrem com maior facilidade.Lembre-se de não exagerar, usando-as sem nexo ou coerência, pois páginas como o Google, por exemplo, detectam o uso indevido e não o contabilizam.
  2. Converter Nessa fase que você já conseguiu atrair visitantes para seu conteúdo, chegou a hora de adquirir alguns dados e informações sobre eles.
    Essa etapa é basicamente convencer os meros “turistas” a participarem de forma mais pessoal. Aqui você converterá visitantes em leads.Leads são as pessoas interessadas pelo que você está oferecendo que aceitam lhe informar algum modo de contato, como e-mail ou celular, em troca de um conteúdo mais específico e exclusivo.
    Conseguir os contatos dos visitantes é de extrema importância para seus negócios, pois apenas com isso você conseguirá mostrar seu produto ou serviço de forma mais direta e personalizada.Para adquirir leads, você precisa ter conteúdos bônus, com material maior e mais profundo, como por exemplo e-books e webinars. Pense sempre em fornecer algo diferenciado e relevante para seus possíveis clientes.
  3. Vender Como você já conseguiu atrair visitantes e convertê-los em leads, nessa etapa você necessita transformar esses leads em clientes.É agora que o lucro começará a chegar, mas para isso é preciso prestar muita atenção em como você modificará esse status.
    Analise como os seus leads chegaram até você: não olhe as coisas de forma genérica. Também é ideal que você possua uma equipe de venda e marketing na sua empresa.A integração dessas duas áreas é muito importante para o sucesso. É um fato que quem possui esse time tem mais rendimento do que os que não o têm.
    Para finalizar essa etapa, lembre-se de deixar bem claro para seu lead o porquê de a sua empresa ser a melhor opção para solucionar os problemas dele.Fale tudo o que puder, não se acanhe. Utilize as estatísticas disponíveis, selos de qualidade, pesquisas de mercado e outros dados que achar relevantes para mostrar que seu serviço é o melhor para o lead.
  4. Fidelizar Você passou por todas as fases anteriores e já está vendendo para seus novos clientes. Mas não pense que o esforço acabou por aí.É importante manter esse público engajado em seus canais de distribuição. Por isso não o negligencie ou poderá perdê-lo para a concorrência.Encontre modos criativos e diferenciados para continuar encantando e envolvendo os clientes.Pense que o ideal é eles virarem mais do que simples compradores, e sim fãs que ajudam a divulgar ainda mais seus produtos e serviços.Vale lembrar que conseguir substituir ou adquirir um novo cliente é mais custoso do que manter seus clientes atuais. Então não fique parado e procure sempre empolgá-los.

Agora que sabe tudo sobre o que é Inbound Marketing, é hora de colocar as mãos na massa, seguir as etapas indicadas e buscar os melhores caminhos para ser bem-sucedido nesse meio tão competitivo.

Seja constantemente original, prático, criativo e esforçado. São qualidades que muitos esquecem na hora de lançar o conteúdo. Fique sempre um nível acima!

Gostou deste texto sobre o que é Inbound Marketing? então ajude um(a) amigo(a), mande esse conteúdo para ele ler ou até mesmo compartilhe nas redes sociais e ajude a FOXID a transmitir seus conhecimentos!

Um grande abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *