Arquivos do Autor: Henrique Rodrigues Julio

Henrique Rodrigues Julio

Nascido em 1980, Co-Fundador da Agência Foxid, encontrou no Marketing Digital a sua vocação, trabalha com criação de site desde 2008. Em 2012 descobriu área de SEM e desde então e um estudioso desta área. Atualmente trabalha na Foxid com a equipe de comercial e supervisão de contas.

Entenda a diferença entre marketing e vendas e saiba como atingir a eficiência com essa dupla

marketing-e-vendasUm trabalho em equipe só funciona quando todas as partes cumprem seu papel. E para isso é necessário que as funções a serem exercidas estejam claras e alinhadas para que o resultado seja um sucesso. É o que deve acontecer com as áreas de marketing e venda. Elas precisam estar de mãos dadas para aumentar as vendas e garantir o sucesso de cada operação.O papel do marketing

Com o advento da internet, o marketing passou a ter papel fundamental no engajamento de novos clientes. Hoje, ele é o responsável por grandes resultados dentro de uma companhia. Cabe ao marketing desenvolver estratégias digitais, usando conteúdos de qualidade, mídias pagas e entregar material de qualidade, para converter visitantes em leads.

A responsabilidade do setor de vendas

O setor de vendas sempre atuou sozinho, tendo o retorno do investimento claramente. Agora, com o marketing de vendas, cabe ao time de vendas fazer o possível para que o comprador adquira os produtos e serviços de uma empresa. Incluindo ofertas e atendimento de qualidade para que ele volte a fazer negócios e depois manter esse cliente, usar o marketing e vendas sempre vai ser um aliado ao sucesso.

Mesmos conceitos

Para essa dupla dar certo, precisam trabalhar com os mesmos conceitos. É preciso ficar claro que o marketing vai viabilizar a meta de vendas da empresa.

  • Persona: O marketing avalia o que é um bom lead, com base nos tipos de clientes que a empresa pode ter. A área de vendas aproveita esse dado para saber como abordá-lo.
  • Jornada de compra: O marketing avalia quando o lead está próximo de efetuar a compra e sinaliza a área de vendas que passa a assumir a responsabilidade pelo cliente.
  • Levantada de mão: Termo que designa que o lead solicitou um contato com o vendedor. É a hora do marketing sair de cena e a área de vendas atuar.
  • Marketing Qualified Lead – MQL: São os leads que não demonstraram interesse ativo, mas tem um bom perfil para efetuar a compra de um produto ou serviço. O marketing deve indicar à área de vendas para entender a importância dessa abordagem, só assim o marketing e vendas vão andar juntos.

Comunicação entre os setores

O marketing e vendas precisam fazer parte de um mesmo plano de ação, cada qual assumindo com objetividade e profissionalismo o seu papel. É bem importante que as áreas pratiquem, por exemplo, o Closed Loop Report, que nada mais é do que o feedback circular. O marketing precisa saber o que aconteceu com os leads enviados para a área de venda e, em contrapartida, o setor de vendas precisa que o marketing envie informações sobre o lead, para que façam a melhor abordagem.

Entender e respeitar a importância de cada área dentro de todo o processo é o grande segredo para o aumento das vendas da empresa. E é por isso que o bom relacionamento entre marketing e vendas é imprescindível para essa parceria funcionar.

Conhece alguém que precisa entender mais sobre marketing e vendas? Então compartilhe esse post e marca ele(a).

Um grande abraço e até a próxima!

Estar entre os primeiros nas buscas na internet e muito importante, afinal trazer resultados positivos que sejam apreciados pelos internautas sempre vai ser bom para seu negocio, pois traz relevância e credibilidade para sua empresa.

Agora eu pergunto você possui um site, e não consegue aparecer nas buscas do Google?

Já vou logo dizer, não e fácil conseguir o tão sonhado primeiro lugar no Google, exige muito trabalho e disciplina, ficar esperando que o Google possa ter empatia pelo seu site, não e uma boa pratica a ser aplicada, vamos concordar, somente água cai do céu, um resultado no primeiro lugar então, impossível vir de lá.

Porem para todo problema exige uma solução, ignorar que você não está no primeiro lugar não quer dizer que de uma hora para outra esse cenário muda, na verdade os problemas ignorados tendem a se tornar maiores, na maioria dos casos é muito mais fácil resolver um problema logo no inicio do que deixa-lo para depois.

Então vamos começar a resolver esse problema juntos e alcançar resultados melhores?

Como Adicionar o site no Google.

Para começar eu preciso que entenda que o Google exibe os resultados de buscas de duas formas:

  • Resultados pagos
  • Resultados Gratuitos

Não vamos entrar no entendimento do resultado pago do Google, em um próximo post vou explicar com mais clareza o que significa Google Adwords ou links patrocinados, então vamos focar nossos esforços no resultado não pago do Google.

Vou listar 5 dicas importantes, que você vai conseguir realizar sozinho, e o mais legal disso tudo, e grátis!. Porem como eu disse acima, para posicionar seu site no Google não e tão simples, e um árduo trabalho de longo prazo, porém quanto mais demorar, o longo prazo se torna cada dia mais longo, então vale a pena começar já.

Antes de tudo, para começar crie uma conta no Google , caso já tenha um Gmail ignore está etapa.

Vamos lá 😉

Webmaster Tools

Essa ferramenta e do próprio Google, ela indica os robôs de busca que seu site existe e tem conteúdo para os usuários. Além de indicar o seu site aos Crowler(robôs de busca), ele reconhece eventuais problemas no código do seu site.

Como utilizar essa ferramenta.

1 – Faça um login no Webmaster Tools;
2 – Clique no botão “Adicionar Página”;
3- Adicione o endereço do seu site;
4 – Na aba de “Métodos Alternativos” escolha a opção “html” Tag.
Vai receber um código parecido com este:
<meta name=”google-site-verification” content=”cjbjbcCccCCIUGIKCiBI” />
Caso você tenha controle sobre o código do seu site, inclua esta tag entre a tag <head>, caso não tenha acesso, peça para a pessoa responsável técnica, ela vai saber colocar.
5- Após inserir o código, confirme a propriedade do site.

Está e uma ferramenta obrigatória para o sucesso, afinal e ela que vai indicar ao Google que o seu site existe e tem paginas para mostrar a seus usuários, dedique um tempo e faça alguns estudos sobre a ferramenta, acesse a Academia de Webmaster, nesta pagina tem um curso(gratuito) sobre a ferramenta, vai ajudar muito.

Google Meu Negocio

Seu próximo cliente pode estar a um clique de distância. Quando você aparece no Google, os clientes têm mais facilidade de encontrar informações sobre sua empresa, como horários de funcionamento, informações de contato e rotas.

browser

Imagem Ilustrativa Resultado

As informações de sua empresa confirmada podem aparecer no Google Maps, o que ajuda os clientes a descobrir como chegar até você. Eles também podem encontrar informações de contato, além de avaliações e comentários de outros usuários sobre sua empresa.

O cadastro e simples, basta acessar Google Meu négocio e preencher as informações, fotos da empresa, telefone, horário de funcionamento entre outras informações. Preencha todos os campos, complete com 100% o cadastro.

Cadastro em Diretórios

Diretórios foram os primeiros sistemas de busca criados, são catálogos, com a característica de categorização e organização por tópicos.

Essa pratica consiste em cadastra seu site em outros sites com boa posição e qualidade perante as buscas. Cadastrar seu site em diretórios e algo que há algum tempo levanta diversas opiniões entre os profissionais de SEO, eu concordo e discordo com todos e tenho minha opinião formada sobre isso. Acho interessante fazer o cadastro sim, mas não uso isso como única salvação para posicionar um site no Google, mas entendo que para mover um riacho em extrema calmaria precisa de apenas uma gota.
Porem tenha cuidado, não vão sair cadastrando seu site em diversos diretórios, avalie os sites que nele estão isso e um bom começo.

Deixo uma lista de alguns diretórios locais que indico para fazer o cadastro, alguns são pagos, porem todos(até o presente momento) disponibiliza o cadastro gratuito.

Redes Sociais

Quando um ser Humano precisa de um relacionamento com o próximo ele sempre procura por encontros familiares, roda de amigos ou até mesmo conversar com alguém que ele pouco conhece. Hoje as redes sócias facilita isso de uma forma mais pratica e rápida.
Com o passar do tempo às pessoas passaram a usar a tecnologia para alcançar um alivio ou até mesmo à solução para determinado problema.
Mas deve estar se perguntando, o que tem haver as redes sociais com posicionamento do meu site!
O Google traz os melhores resultados para seus usuários, e se ele entender que você faz isso e aonde a mágica acontece, costume dizer que só e lembrando quem e visto.

Vou listar abaixo as redes sociais que vale a pena ter conteúdo, mas antes de cadastrar entenda que deve marcar presença, fornecer conteúdo interessante e nunca ser chato, seguindo essas dicas vai ter sucesso.

  • Facebook
  • Google +
  • LinkedIn
  • Twitter

Existem diversas redes sociais, mas para você começar as quatro acima estão de bom tamanho.

Google Analytics

Do que adianta você ter todo o trabalho e dedicação nas quatro tarefas anteriores se você não entender que seu púbico está fazendo em seu site. O Google Analytics não apenas permite a você avaliar vendas e conversões, mas também apresenta informações atualizadas sobre como os visitantes usam seu site, como chegaram até ele e o que você pode fazer para que retornem.

Para cadastrar seu site no Google Analytics e bem fácil siga as instruções no link http://goo.gl/wxB5e1 .

Para finalizar gostaria de listar alguns princípios básicos como boa pratica.

  • Crie páginas principalmente para os usuários, não para os mecanismos de pesquisa.
  • Não engane seus usuários.
  • Evite truques para melhorar a classificação nos mecanismos de pesquisa. Um bom parâmetro é imaginar se você se sentiria à vontade se tivesse que justificar suas ações para um site concorrente ou a um funcionário do Google. Outro teste útil é perguntar a si mesmo: “Isso ajudará meus usuários? Eu faria isso se os mecanismos de pesquisa não existissem?”.
  • Pense sobre o que faz seu site ser especial, valioso cativante. Faça seu site se destacar dos outros sites da mesma área.

Bom creio que por enquanto e isso, essas são apenas pequenas dicas que podem trazer grandes resultados, caso tenha dúvida me mande um e-mail, que vou responder assim que possível e não deixe de acessar nosso site www.foxid.com.br e conhecer nossos serviços.